sábado 5 de dezembro de 2020

SEMED REALIZA SEMINÁRIO SOBRE DIREITOS HUMANOS.

Hoje, 13 de março de 2020, na escola Lourenço Scott, a prefeitura municipal de Mãe do Rio, através da SEMED – Secretaria Municipal de Educação promove um seminário sobre direitos humanos. Um tema muito atual que trás aos professores as idéias basilares desse direito em consonância com a educação/escola.

Considerando a conjuntura atual de Mãe do Rio, em que os professores têm seus direitos negados pela administração publica, a SEMED se mostra pouco antenada a esses direitos quando na composição da mesa de abertura, nega a presença do SINTEPP – SINDICATO DOS TRABALHADORES EM EDUCAÇÃO DO ESTADO DO PARÁ E CAPEMAR – CASA DOS PROFISSIONAIS SE EDUCAÇÃO DE MÃE DO RIO, entidades reconhecidas neste município pela luta pelo direito à educação. Na ocasião das falas da mesa, o professor Walter Luz, da plateia, faz menção da falta do SINTEPP na mesa.

No momento em que o palestrante iria iniciar a palestra, o coordenador do Sintepp Flávio Barreto solicitou uma fala, mas a diretora de ensino Luciana Alencar não queria permitir. Mesmo assim o coordenador Renato Caranã fez sua fala chamando a atenção para a realidade educacional de Mãe do Rio, tanto nas escolas quanto nas legislações educacionais que se encontram de lado em Mãe do Rio. São exemplos a deteriorização da infraestrutura das escolas, algumas escolas superlotadas e outras vazias, o mutisseriado, o atraso escolar, o piso salarial dos professores e coordenadores, a insegurança… Como falar de direitos humanos vivendo estas situações educacionais? O governo municipal precisa, urgentemente, estudar e cumprir politicas que prezam pelos direitos humanos.

Sobre Capemar

Essa página deve conter informações detalhadas sobre esse projeto web, sobre seus negócios, produtos e serviços que você tem a oferecer. Dê foco nas suas qualidades, descreva a história da sua companhia, certificados e prêmios.

Veja Também

Quanto mais um professor elogiar os alunos mais provável é o seu sucesso escolar

O estudo foi realizado pela Universidade Brigham Young   Quanto mais um professor elogiar os seus ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *